foto_autor_sanahuja

Sanahuja & Partners

 Nome do estúdio:

Sanahuja & Partners

Localização do estúdio:

Valência, Castellón e Ibiza.

Definição do estúdio: 

sanahuja&partners  é um coletivo de arquitetos com ateliers nas cidades de Valência, (Castellón) e Ibiza, e parceiros internacionais na América Latina, dirigido pelo arquiteto Jaime Sanahuja.

O seu trabalho engloba tanto obras públicas como privadas, bem como a participação em concursos, especializando-se principalmente em moradias unifamiliares e em reabilitação.

A metodologia de trabalho e design assenta nos valores da cultura mediterrânica, zona geográfica onde se localiza uma grande parte das obras construídas pelo grupo. Damos especial atenção à localização do projeto e ao seu contexto, tanto urbano como paisagístico, ou ao património existente no caso de intervenções de reabilitação, e também ao aproveitamento máximo da luz natural, primeiro princípio da sustentabilidade das propostas arquitetónicas.

Os espaços projetados são funcionais e amenos, recorrendo ao uso de texturas e materiais naturais, (principalmente pedra e madeira).

Dados biográficos do designer principal:

Jaime Sanahuja: Arquiteto Diretor. Licenciado em arquitetura pela Escola Superior de Arquitetura de Valência (ETSAV) desde 1982. Diretor do atelier de arquitetura sanahuja&partners, acumula a sua atividade profissional desde 2006 com o seu trabalho de docente como professor associado no Departamento de Projetos Arquitetónicos da ETSAV e com o seu trabalho de investigação em arquitetura moderna espanhola.

Emilio Cubillos: Arquiteto Associado. Licenciado em arquitetura pela ETSAV desde 1999.

Mar Nadal: Arquiteta Associada. Licenciada em arquitetura pela ETSAV desde 2000.

Carlos Perles: Licenciado em arquitetura e urbanismo FAAP de São Paulo (Brasil) desde 2001.

Responsável e coordenador de projetos no Brasil.

Juan Trilles: Arquiteto Colaborador. Licenciado em arquitetura pela ETSAV desde 2007.

Nome do espaço expositivo:

Living atmosphere

Definição do espaço expositivo:

Trata-se da abstração de um espaço “para estar”, uma utilização sempre presente na arquitetura. Integram-se na proposta tanto uma mesa de refeições e/ou trabalho, uma lareira e um ecrã de TV, elementos sempre presentes nos espaços domésticos destinados a “estar”, embora a proposta, sofrendo uma alteração de escala poderia também resolver a frente de um local mais amplo destinado a espaços multiusos. Hall-receção de hotel, salas de espera, etc.

Potencia-se ao máximo a plasticidade dos materiais escolhidos (pedra e madeira), materiais clássicos que contrastam com a modernidade da composição do stand e do próprio mosaico Lines da L’Antic Colonial, inspirador do conceito. O caráter morno da madeira convive em perfeita harmonia com a pedra, num design que integrou a iluminação para destacar a geometria e dar a possibilidade de criar diferentes atmosferas num mesmo espaço.

Materiais utilizados no espaço:

- Mosaico de pedra: Lines Safary Modul Brown

- Ladrilhos de pedra: Kayac Classico

- Soalho de madeira natural Manhattan Madison

 

Would you
like us
to inspire your
interior space?

 Professional Individual