Eduardo-Souto-de-Moura-Antic-Colonial-Porcelanosa

Eduardo Souto de Moura

NOME DO ESTÚDIO

Eduardo Souto de Moura

LOCALIZAÇÃO DO ESTÚDIO

Oporto – Portugal

DEFINIÇÃO DO ESTÚDIO 

Eduardo Souto de Moura licenciou-se nesta disciplina na Escola Superior de Belas-Artes do Porto onde foi professor posteriormente. Também deu aulas nas universidades de Paris-Belville, Harvard, Dublin, Navarra, Zurique e Lausana.

Influenciado pelos também arquitetos Álvaro Siza, Noé Dinis e Fernandes de Sá com quem colaborou, a sua arquitetura caracteriza-se pelo minimalismo e por uma profunda sensibilidade com o contexto. Em todos os seus projetos, tenta facilitar a vida das pessoas que rodeiam a sua obra, ao mesmo tempo que exerce o menor impacto possível no ambiente. Muito minucioso com a seleção de materiais que utiliza, costuma combinar betão, pedra, madeira e alumínio.

Recebeu vários prémios e galardões entre os quais se destacam o prémio Pritzker em 2011 e o Wolf Prize em 2013

NOME DO ESPAÇO EXPOSITIVO 

Casa mínima-mínimal

DEFINIÇÃO DO ESPAÇO EXPOSITIVO 

Para o showroom da L’Antic Colonial, Eduardo Souto de Moura desenhou uma casa mínima, completamente habitável, em apenas 25 m². Um espaço que, antes de mais nada, procura a comodidade e o conforto dos seus habitantes mediante umas linhas muito puras e simples.

Quanto à distribuição, destaca-se um elemento central como separador que divide a casa, marcando uma zona pública (cozinha e sala de estar) e outra mais privada (quarto e casa de banho).

Quanto aos materiais, Eduardo Souto de Moura combinou um parquet de grande formato e acabamento natural como pavimento e parte das paredes com mármore branco muito neutro para o resto do revestimento.

Would you
like us
to inspire your
interior space?

 Professional Individual