EL CUADERNO DE Rafael Llamazares

Rafael Llamazares de la Fuente - A-cero Joaquín Torres arquitectura - Madrid, A-Coruña e Valencia (Spain) e Dubai (EAU)

Principais projetos: Edifício de investigação na Universidad de A Coruña, Urbanización Las Marías – Torrelodones, Urbanización Los Lagos, La Finca – Pozuelo de Aralcón, Mater Plan Nébula – Dubai; waterfront.

1 – Quem é Rafael Llamazares?

Uma pessoa/arquiteto que ama o seu trabalho.

2 – Quando descobriu que queria ser arquiteto?

Soube-o desde sempre. Quando era pequeno, interessava-me por tudo o que fosse arte. E a arquitetura, em particular, foi-me interessando cada vez mais.

3 – Uma referência na arquitetura…

Le Corbusier, Wright dos clássicos, Zaha Hadid dos atuais. Mas sobretudo Joaquín Torres: é um arquiteto magnífico.

4 – Se não fosse arquiteto, ter-se-ia dedicado a…

Qualquer profissão relacionada com o mundo da arte.

5 – Um defeito e uma virtude:

Às vezes sou demasiado negativo. Desfrutar do meu trabalho.

6 – Como é a sua casa?

Um apartamento antigo em Madrid de los Austrias.

7 – O domingo é o dia para:

Ir ver uma exposição, passear, estar com os amigos, descansar…

8 – Um local onde procure inspiração:

Qualquer exposição ou feira de arte. Embora ache que não se deva procurar inspiração.

9 – Qual foi o último livro que leu?

Estou em dia relativamente a tudo o que se relaciona com publicações especializadas de arquitetura e design.

10 – Dentro de 15 anos…

Continuar a trabalhar naquilo que me apaixona.

11 – Quando pensa em arquitetura, o que lhe vem à cabeça…?

Formas, cores, arte, design, criatividade, cidade…

12 – Lápis ou computador?

Marcador.

13 – Como definiria o seu trabalho?

Criativo e funcional.

14 – Um projeto que gostaria de fazer:

Gosto de realizar todos os tipos de projetos. Qualquer projeto é um desafio.

15 – A sua opinião da arquitetura espanhola:

Há muito boas obras e bons arquitetos. Contudo, os espanhóis em geral vendem-se mal, e os arquitetos mais ainda…ao final do dia, somos todos profissionais…

16 – Como manter um estilo próprio, satisfazendo as necessidades dos seus clientes?

Suponho que tenhamos um estilo reconhecível, ou pelo menos temos o nosso estilo. Adaptamo-nos simplesmente às necessidades do cliente.

17 – Em arquitetura, o que é que faz melhor e o que lhe custa mais?

Gosto de desenhar. A parte da obra resulta menos atrativa, embora seja necessário “lutar” com isso muitas vezes.

18 – A sua receita para o êxito:

Trabalhar naquilo que nos apaixona e em que acreditamos.

19 – Que papel desempenham os produtos naturais nos seus projetos?

Desempenham um papel fundamental. Costumamos usá-los com a máxima frequência possível. São sempre materiais que recomendamos ao cliente.

20 – O seu produto-estrela da L’Antic Colonial é…

O lavatório Spirit.

Enviar um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Would you
like us
to inspire your
interior space?

 Professional Individual