OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF

Castellón, España

Uma construção eficiente e sustentável e uma reinterpretação contemporânea do clássico que é a tradicional casa-pátio mediterrânica.

OAB y ADI ARQUITECTURA

Casa BF. Borriol, Castellón

A casa está situada num lote de 3.000 m2com um desnível de 25 m, socalcos em pedra e um arvoredo frondoso. A postura por parte dos ateliers foi de respeito absoluto pelo ambiente circundante. A construção deveria respeitar o terreno, pelo que se optou por um sistema construtivo com o máximo de prefabricação, assente sobre o terreno praticamente sem o tocar nem abater árvores e aproveitando os socalcos existentes, que foram reconstruídos nas zonas danificadas com a mesma pedra e a mesma técnica. Parte da casa – garagem e zonas auxiliares – está enterrada, tendo o terreno por cima sido reconstituído com vegetação autóctone.

Optou-se por uma estrutura metálica fabricada em oficina e transportada para o local da obra em peças de grandes dimensões, que foram montadas sobre 3 pilares metálicos duplos em forma de V. No grande espaço frontal que alberga a cozinha, o salão de jantar e o quarto principal, está patente o sistema construtivo, ficando à vista tanto os pilares como a estrutura da cobertura, formada por esquadros metálicos que suportam uma chapa ondulada sobre a qual a cobertura foi assente. O conjunto, totalmente pintado a branco, é iluminado por LED integrados, cujo objetivo é proporcionar uma sensação luminosa igual à da iluminação natural.

O pátio intermédio permite o acesso por debaixo da casa, ao mesmo tempo que orienta todas as divisões em direção ao sol e às vistas. Toda a casa gira em torno do pátio e este permite percorrer o espaço por completo. É uma casa com pátio que ganhou outras conotações. O pátio é o ponto fulcral, permitindo todo o tipo de vistas através dele, relacionando todos os espaços e tornando próxima uma casa com uma área considerável. Contudo, não é acessível nem está situado no plano da casa. E não delimita a habitação, já que se escapa por debaixo dela.

Texto: Adi Arquitectura
Fotografias: Joan Guillamat

Would you
like us
to inspire your
interior space?

 Professional Individual